Não é sinal de saúde estar bem ajustado a uma sociedade profundamente doente”. Krishnamurti

13435354_1150994924953337_1963033664851926848_n

 

“Não é sinal de saúde estar bem ajustado a uma sociedade profundamente doente”. Krishnamurti

 

 

Alguma vez você já parou para pensar o quão verdadeiras e livres são suas escolhas?

Você já parou para se perguntar quem ou o quê é o responsável pelas suas decisões e escolhas?

Já notou como somos treinados e manipulados, durante boa parte ou durante toda a nossa existência a reproduzir padrões?

Raros aqueles, que se atrevem, a criar novos comportamentos, hábitos e possibilidades…

Não nos ensinaram a observar o mundo para modificá-lo ou transformá-lo, apenas nos treinaram e moldaram para agir segundo um padrão estabelecido.

O mundo grita e tenta nos convencer, prender, enjaular nas suas certezas e ideias…

O mundo tenta impor certos padrões de comportamento, de escolhas…

Talvez o mundo também vai tentar te convencer que você ficou louco: “estar consciente? atento? ler rótulo? Comer comida de verdade? Ficar em silêncio? Respirar? Tá todo mundo respirando, não está?

O mundo lá fora só vai quer te lembrar uma coisa: “Precisa ter consciência não meu filho, faz aí a sua parte, engole essa comida e vai pra casa dormir que amanhã tem mais…”

O mundo pode querer que você apenas compre coisas…

O mundo pode querer que você use as roupas da moda, que fique super magra igual as mulheres das capas de todas as revistas e que faça crossfit, spinning, yoga e corra meia maratona, e depois de tudo isso, é claro, que você coma apenas um prato de salada.

O mundo vai querer um monte de coisa para voce… mas e você?

O que VOCÊ quer para a sua vida? O que VOCÊ quer para a sua existência?

Que possamos silenciar e refletir…

7 impressões sobre “Não é sinal de saúde estar bem ajustado a uma sociedade profundamente doente”. Krishnamurti

  • 21 de agosto de 2016 at 18:25
    Permalink

    Quem seria “o mundo” ?

    Reply
    • 18 de outubro de 2016 at 01:09
      Permalink

      a sociedade, os jornais, as revistas, a tv, a midi, que tenta impor padroes, verdades e fazer com que todos sigam sem pensar, sem questionar… mantendo padres de comportamento, vestimentas, alimentos, escolhas em todos os sentidos da vida. obrigada pelo interesse e contato. saúde para você

      Reply
  • 22 de julho de 2016 at 23:17
    Permalink

    Lindo! Gratidão pela reflexão Laura! Um abraço

    Reply
  • 28 de junho de 2016 at 21:58
    Permalink

    Exatamente Laura, perfeito seu texto! Que possamos estar acordados e atentos ao que realmente queremos!
    Gratidão por suas palavras.
    Bjs com carinho.
    Isabela

    Reply
  • 28 de junho de 2016 at 18:23
    Permalink

    Oi Laura, Incrivel como estamos desconectados do nosso verdadeiro eu. Tudo e o mundo la fora, valores materiais distorcidos e muita confusao mental. E assim vamos de geracoes a geracoes. Sabias palavras de Krishnamurti e excelente comentarios seus. Somente lendo e buscando estas verdades e que acordamos um pouquinho para a vida. Obrigada pelo artigo. Beijos Jane

    Reply
  • 28 de junho de 2016 at 15:19
    Permalink

    Valeu Laurinha!

    Reply
  • 28 de junho de 2016 at 01:08
    Permalink

    Laura parabéns pela lucidez de sempre! Lindo texto! Gratidão por esta oportunidade de reflexão! Bjs

    Reply

Deixe uma resposta para Isabela de Lucena Stalker Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>