Um pouco da minha viagem

IMG_1073

“De todos os presentes, o mais precioso é a saúde ” .

 

Quando decidi ir para India desta vez tomei algumas decisões importantes e tive ajuda dos meus amigos e família para que pudesse cumprir efetivamente o meu propósito.
Combinamos que uma vez por semana  ou menos, eu daria notícias…. como: olá!! aqui tudo bem… ou aqui nada bem, mas no processo.. ahahah.
Sem muitos detalhes, sem muitas explicações pois precisava focar, olhar, cuidar apenas simplesmente apenas do meu ser…
Para muitos pode soar estranho, impossível, irrelevante, egoísmo…
Fácil? Nem fácil nem difícil… a vida como ela é … abrir mão de certas coisas na vida para ter outras…então é tudo na verdade uma questão de prioridade é de escolha. E minha saúde essa não pode esperar o dia perfeito…. porque na “espera” ela falha, ela desestabiliza, ela se desfaz… e consertar…às vezes é possível, mas nem sempre…

Há dois anos não ia para Índia fazer um tratamento ayurvedico no hospital. Depois de muita espera por uma vaga, consegui um quarto e programei tudo… agenda de trabalho, passagens, hotéis, visto (isso é para um post a parte, porque muitos hospitais exigem o visto médico e isso cria algumas limitações ao longo da viagem se ela tiver outros propósitos além da internação, mas que pacientemente foram resolvidos e entendidos). Mas tive que mudar meus planos de viagem… queria ir a Singapura visitar uma amiga, mas por conta do tipo de visto não conseguia sair da India e voltar, a não ser para voltar diretamente para casa.

Enfim… sobre o tratamento desta vez correu tudo como o esperado (porque a última viagem, foi um capítulo à parte na vida de muitooooo aprendizado!!! Como sempre ) e de forma mais tranquila e estressante como tem que ser , com muito desconforto, incômodo, alívio, piora, melhora, piora… risadas, lágrimas, solidão, cansaço, alegria, cumplicidade, amorosidade, persistência, precisão, amizade e cuidado. ❤️❤️

Fazer  tratamento ayurvedico em um hospital, não è sinômino de relax, de massagens ao som de mantras, fragrância agradáveis, comida gostosa, e todo pacote místico zen que muitos acreditam.. é sinômino de levar o corpo e a mente ao estresse extremo e purgar cada desequilíbrio estagnado, gerado, cultivado ao longo dos dias, anos, vida… e por isso, sinto a necessidade de ficar sozinha, comigo mesma, aproveitando esse momento de reflexão, conexão, entendimento, apaziguamento e muita compaixão pela minha própria vida, escolhas e existência.
Apesar de ter ido até lá, não precisei fazer terapias profundas como panchakarmas. Fiz terapias mais suaves, mas ainda assim intensas para todos sentidos.
Mas é claro, se você for para uma clínica fazer terapias de rejuvenescimento, yoga, spa aí sim sua experiência e vivência poderá ser outra. Mas não é para isso que vou, então minha experiência e vivência são sempre muito fortes.

Foram apenas 18 dias efetivamente internada desta vez. Um período curto comparado a todos os outros tratamentos que fiz, mas o tempo necessário para reparar e recomeçar uma nova rotina e suavizar o que precisava. Depois disso, ainda continuei (e continuarei ) meu processo, mas de outra forma e por outros locais. Voltando pra casa com o coração tranquilo, a mente suave, o corpo fortalecido e mais cheia de energia para continuar os cuidados diários e a vida fluindo com suas belezas e dificuldades ❤️.

Com cada vez mais clareza e tranquilidade de manter minha caminhada e ter sempre como foco principal minha saúde. Sim, realizações profissionais são importantes mas são apenas uma parcela da vida. Mas no último ano, reconheço que acabei exigindo demais da minha saúde física, mental, ultrapassando alguns limites e além disso, passei por momentos pessoais de muito estresse, tensão o que não foram nada bons para minha saúde. A vida é isso uma constante de alguns suaves e outros intensos momentos e nossa tarefa é saber fluir nisso tudo, e fazer um travessia com menos apego, identificação, e sem sofrimento… mas estou aqui nesse processo de aprendizado, crescimento, reconhecimento. Como a maioria de vocês, mas talvez  algum de vocês já tenha saído desse estágio, meus parabéns!!! :)) ;).

E apesar da minha rotina de cuidados intensos, não estava conseguindo sozinha retornar e fazer os ajustes necessários, purgar, nutrir e fortalecer meu sistema como um todo. Então mergulhei na fonte mais uma vez para ter os cuidados e orientações precisas de forma intensa e 100% focada nesse propósito.

Mas agora, chegando ao Rio, na minha casa, na minha nova rotina, com minha família e amigos para recomeçar e continuar um novo ano cheio de amor, cuidados e muita responsabilidade.

Saúde e muito amor a todos
Em um novo post continuo a falar mais sobre meu tratamento.

E como sei que muitos vão perguntar: onde ir? tem uma lista no blog (Links de Yoga e Ayurveda) de instituições, clínicas e hospitais que praticam Ayurveda e eu conheço o trabalho deles pessoalmente e por isso sugiro. Cada pessoa deve individualmente contactar e saber sobre a possibilidade de tratamento para seu caso particular. Cada lugar tem seu valor, tipo de quartos, propostas, política de reserva, orientações sobre visto, e tudo mais. Não tenho nenhuma parceria, trabalho com nenhum dos locais da lista e também não organizo e não levo grupos pra tratamento devido a questões legais e éticas. Existem outros bons locais também que não conheço pessoalmente e por isso não posso indicar. Mas caso decida dar um passo desses para sua saúde, procure sempre boas indicações de outras pessoas que já foram. Mas lembre-se, cada experiência é única e nem sempre um mesmo local é bom e eficiente para todas as pessoas, todos os casos, e para sempre!!! Por isso, apenas compartilho a minha vivência e experiência ao longo dos anos, com erros, acertos, melhoras e pioras. Boa sorte na sua caminhada.

18 impressões sobre “Um pouco da minha viagem

  • 28 de janeiro de 2018 at 22:19
    Permalink

    Laura, é muito especial a maneira como você compartilha, com palavras gestos e toda generosidade, essas coisas preciosas que conhece, encontra, busca. Muito obrigada.
    Acabei de fazer o curso em Itatiaia (ou só comecei! :)) e tenho a agradecer, muito, o conteúdo e a leveza que divide com a gente. Muita saúde e amor, luz em seu caminho sempre.

    I.

    Reply
  • 25 de janeiro de 2018 at 18:26
    Permalink

    Laura, eu só queria te dizer que teus relatos, seja em posts, livros ou textos me inspiram profundamente e venho conseguindo aos poucos fazer mudanças importantes na minha trajetória. Muito obrigada. Bendito o dia em que suas informações chegaram até a mim. Grande abraço pra ti!

    Reply
  • 19 de janeiro de 2018 at 21:51
    Permalink

    Oi Laura, onde você fez a sua formação como terapeuta ayurvédica? Abraços, Luisa.

    Reply
    • 19 de janeiro de 2018 at 23:56
      Permalink

      Oi Luísa. Com Kishora no Vrajabhumi. Mas está formação não existe mais pois o Kishora faleceu há 5 anos atras. Por que?

      Reply
  • 19 de janeiro de 2018 at 19:55
    Permalink

    Cara Xará, que ótimo e amoroso o seu relato. Gostaria muito de realizar tratamento ayuverdica na India. Qual o caminho que você me indica? Abraços

    Reply
    • 20 de janeiro de 2018 at 08:50
      Permalink

      OlaLaura. No final do post eu explico um pouco e tem você pode encontrar as indicações no Links de Yoga e Ayurveda aqui no site. Boa sorte.

      Reply
  • 19 de janeiro de 2018 at 09:51
    Permalink

    Estou morando em Israel há um pouco mais de um ano. Já fiz um cursinho rapido com você no Rio há uns dois anos e meio. Já passei dos 80 anos . Ouvi uma notícia no TV de Israel : uma reporter falando vagamente de um tratamento de ayurveda. e que a medicina daqui está começando a se interessar. Nada de preciso e estou torcendo para que a medicina daqui extremamente avançada comece a se interessar a esse tipo de tratamento. Você ouviu algo sobre isto? Não consegui encontrar nada sobre isto aqui infelizmentem porque gostaria muito de me aprofundar. Vou mandar comprar seus livros. Te admiro muito. Um forte abraço. Gracia Wenna

    Reply
    • 19 de janeiro de 2018 at 12:59
      Permalink

      que lindo receber sua mensagem e carinho/. estive com alguns medicos na India semana passada, e uma medica ginecologista ayurvedica esteve em Israel em Novembro e disse que vao abrir um espaco por la. que ja teve ayurveda ai, mas que pararam e pretendem retomar. Escreve para a international academy of ayurveda de Pune e eles podem conhecer alguem ou algum aluno e te indicar. boa sorte e feliz em saber que a semente forte da ayurveda esta plantada, germinada e querendo saber mais e mais. Saude

      Reply
  • 18 de janeiro de 2018 at 22:15
    Permalink

    Oi Laura querida. Muito bom saber de você. Força e luz neste novo ano. bjs

    Reply
  • 18 de janeiro de 2018 at 21:27
    Permalink

    Você é maravilhosa, minha musa inspiradora. Conheci primeiro a Laura Pires (uma paciente me indicou seu nome na sala de espera do neurologista,quando descobri que tinha EM) aí depois veio a Ayurveda. Você é minha esperança de uma vida saudável.

    Reply
  • 18 de janeiro de 2018 at 20:42
    Permalink

    Oi Laura, o mundo ayurvedico é novo para mim. Estou em tratamento em Uberlandia, cidade onde moro, com o Dr Rugue. Estou no tratamento desde agosto 2017 e melhorei muito. Através deste tratamento descobri você é seus livros. Estou lendo os três ao mesmo tempo mas tem me ajudado muito em todos os sentidos. Feliz de saber que deu tudo certo e começo a pensar em um dia ir até a Índia me tratar também. Um beijo de coração de quem admira sua história.

    Reply
  • 18 de janeiro de 2018 at 19:44
    Permalink

    Querida Laura,
    Ao saber de sua ida à India para tratamento, senti um aperto no coração. Ao mesmo tempo, fico na expectativa de superação já que tenho visto em uma figura tão delicada, tanta força e superação. Continuo acompanhando sua trajetória e aplaudindo sua determinação.
    Todo meu carinho

    Reply
  • 18 de janeiro de 2018 at 17:14
    Permalink

    Oi Laura!!!

    Obrigada por compartilhar sua experiência e formas de buscas! Me ajudam muito.
    Não tenho recursos para ir à India, peço-lhe por favor, onde buscar ajuda Ayurveda aqui no Brasil? Preciso muito!

    Reply
    • 19 de janeiro de 2018 at 09:19
      Permalink

      Obrigada pelo carinho e contato. Eu infelizmente só recomendo na Índia para ter um contato profundo com Ayurveda. No Brasil você pode ter alguma experiência que pode ser muito positiva e melhorar muito a saúde. Mas em casos graves, e doenças mais complexas não sei se é eu caso, è sempre importante ouvir quem tem mais experiência e consultar com médicos. Na seção links tem uma lista de pessoas que trabalha, com Ayurveda inclusive no Brasil. So dar uma olhada lá. Boa sorte

      Reply
  • 18 de janeiro de 2018 at 13:20
    Permalink

    Olá Laura!
    Que alegria receber notícias de vc!
    Um ano de muitas realizações e saúde plena.
    Admiro demais sua força e produção .
    Abraço carinhoso,
    Ivana Pereira

    Reply
  • 18 de janeiro de 2018 at 13:14
    Permalink

    Querida Laura é muito bom ,como sempre te ver falar sobre o Ayurveda e sua trajetória….
    Uma coisa que me deixa chateada comigo mesma. É anjinha incapacidade de reconhecer o que me desequilibrar, de fazer as escolhas corretas no momento certo. Talvez porque sempre estive doente e talvez não conheça outros caminho. Mais agora vou realizar meu primeiro Panchakarma na Índia, vou no AVIP, em Coimbatorie. Fazer o tratamento é estudar Ayurveda , ficarei lá por dois meses. Não foi fácil me preparar financeiramente e emocionalmente até esse momento. Mais uma coisa é certa é agora!!!!! Pois quero aprender isso “mergulhar em mim mesma” reconhecer minhas limitações, e saber seguir um caminho certo pra minha saúde”.
    Enfim qdo eu voltar lhe digo da minha experiência, quero retornar a índia uma segunda vez mais sem precisar de intérprete..
    Pois meu inglês é falho ainda. Sei que vou conseguir. Beijos no coração até Março qdo retorno

    Reply
  • 18 de janeiro de 2018 at 11:16
    Permalink

    Grata Laura pela partilha do teu crescimento.

    Reply
  • 18 de janeiro de 2018 at 10:27
    Permalink

    Laura, muito legal suas histórias, estou sempre aguardando um novo post para conhecer cada vez mais sobre Ayurveda, consultei com uma pessoa muito bacana, aqui em Porto Alegre, já fiz curso de culinária e estou sempre lendo tudo que posso, mas tenho muita dificuldade de colocar na minha rotina as indicações feitas pela terapeuta que me atendeu, em razão da minha correria do dia a dia, do meu trabalho, mas como disseste: “…é tudo na verdade uma questão de prioridade e de escolha”. Preciso me olhar mais internamente, fazer novas escolhas e ter disciplina para mantê-las. Gratidão.

    Reply

Deixe uma resposta para Simone Paiva Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>